Pesquisa de hospedagem


Tripadvisor

É o melhor site de viagem. Raramente reservo um hotel ou "tour" sem antes dar uma olhada no tripadvisor. Também contribuo com avaliações sobre os estabelecimentos e atividades. Tenho o aplicativo no celular e sempre baixo o mapa das cidades que visito. Ele oferece um excelente serviço: a opinião de pessoas que se hospedaram ou visitaram determinada atração, além de mostrar uma lista de hotéis, classificados pelas melhores notas, sendo que ao lado aparece o preço nos sites de reserva com um link direto. É claro que é necessário ler tudo com bom senso, aproveitando o que for útil. Lembro-me que uma vez procurei por um hostel, que tinha a diária de 30 reais para o quarto individual, e me deparei com alguém reclamando que não tinha iogurte no café da manhã!


 


 
Booking.com

O booking é, com certeza, o site com o maior número de estabelecimentos cadastrados, portanto, favorece uma pesquisa abrangente. Em geral, não é cobrado nada do cartão de crédito até o dia do check-in, sua utilização visa apenas garantir a reserva para o caso de no show (não comparecimento). O cliente deve ficar atento ao tipo de contrato: se requer depósito, se o cancelamento é gratuito (indicado, no caso de imprevistos ou se achar algo melhor). Uma dica (que eu mesma sempre esqueço) é reservar pela página do Multiplus ou TudoAzul (cada 1 dólar gasto equivale a 4 pontos!).
 

A maioria das minhas reservas recentes foram feitas no hoteis.com. Eis o motivo: tive alguns problemas com o cartão de crédito no exterior (também na hora de pagar o hotel), que me deixaram um pouco estressada e me levaram a processar a instituição financeira. Hoje sei que o cartão raramente funciona, apesar do comunicado de viagem internacional, portanto, para evitar surpresas, optei pelo site que permite efetuar o pagamento da reserva em reais (evita o IOF e a oscilação cambial) e ainda deixa parcelar em até 12 vezes sem juros. Também é necessário verificar o contrato, sem possibilita o cancelamento da reserva. Tem o programa "rewards", que dá 1 diária grátis a cada 10 noites acumuladas. Uma dica (que eu mesma sempre esqueço) é reservar pela página do TudoAzul (cada 1 dólar gasto equivale a 10 pontos!).




Já realizei a reserva no decolar algumas vezes em razão do valor infinitamente inferior aos demais sites (é preciso ficar atento que algumas páginas não apresentam o valor com taxas, dando a impressão que a diária custa menos). Nunca tive qualquer problema.
 



O site disponibiliza estabelecimentos na Ásia que não são localizados nos demais concorrentes. O único problema é que, embora tenha a conversão para diversas moedas, a nossa não está incluída. Usei para reservar hotel na Tailândia e aprovei.
 



O Airbnb é um site que oferece três tipos de acomodações: casa inteira, quarto inteiro e quarto compartilhado. Algumas cidades (as mais turísticas) oferecem muitas opções. Utilizei uma vez, pois o hotel estava o dobro do preço, sendo que o horário do check-in e check-out foi flexível (pode ser negociado com o proprietário, em alguns casos), além do apartamento ser muito mais confortável. A negociação inicia quando você pede para reservar e começa a trocar mensagens com o dono. O pagamento é realizado através do próprio site.
 


  

O couchsurfing é a opção mais barata de hospedagem, já que a pessoa oferece um sofá (pode ser um quarto inteiro) sem qualquer custo. Admito que nunca tive coragem de me aventurar. Uso o site para obter informação dos lugares que vou visitar, já encontrei algumas pessoas, levei para conhecer a cidade. No exterior, também tentei marcar para conversar, mas aconteceram alguns desencontros.
 

Share:

0 comentários:

Translate

Instagram

Publicidade

Booking.com

Marcadores