Quem sou



"Não estive em todos os lugares, mas está na minha lista."
Susan Sontag

Minha primeira viagem internacional foi realizada em 2008, para Santiago do Chile (desconsiderando uma viagem lerê que fiz, na infância, de ônibus até a Argentina), desde lá, mesmo sem muito dinheiro, tenho feito uma das coisas que mais gosto: viajar. Quero experimentar o mundo - cores e sabores. Em menos de 8 anos, já visitei mais de 30 países e incontáveis cidades.

Considero-me solo traveler (mas não em todas as viagens), que facilita o contato com nativos e outros viajantes. Além de paisagens, lembro de muitas pessoas que encontrei pelo caminho, seja do peruano que me fez companhia no primeiro dia em Cusco, do italiano que me beijou no meio da rua em Roma, de surpresa, do casal de senhores que caminhou comigo em Puerto Iguazú, das alemãs que conheci no Deserto do Saara, do mexicano que me pagou um almoço...

Nas primeiras viagens, queria conhecer todos os museus, em razão da minha paixão por arte, que foi essencial na escolha da minha primeira graduação, História da Arte (também estudei Direito, ambos os cursos na UERJ). Cada visita me causou um considerável abalo emocional! Lembro do êxtase absoluto que tive no Centre Pompidou diante das obras do Yves Klein, da emoção inexplicável ao me deparar com os quadros do Botticelli na Galeria Uffizi e da sensação de felicidade ao vagar no MoMA no meio das maiores obras da PopArt.
 

Hoje o meu foco mudou. O que mais me desperta interesse são os destinos classificados como "exóticos". Tenho dezenas de cidades e países na minha lista (Sri Lanka, Ilhas Maurício, Filipinas...), por enquanto, só conheci Vietnã, Camboja, Tailândia, Indonésia, Malásia, Hong Kong, Macau, Mianmar, Laos, Emirados Árabes e Marrocos.

Danielle Lima

0 comentários:

Translate

Instagram

Publicidade

Booking.com

Marcadores