Nova York, EUA, 2009

Uma das coisas mais interessantes de fazer em Nova York é visitar a "museum mile", ou melhor, a 5ª Avenida, também famosa por suas lojas imortalizadas pelo cinema e pela TV, como a Tiffany & Co em "Bonequinha de Luxo". Como passar pela Louis Vuitton e não lembrar da Carrie Bradshaw em "Sex and the city" ou pela "Prada" e não lembrar de "O diabo veste Prada"?

DSC01743


Consegui várias dicas no site, blog, comunidade do orkut chamada "Nova York para mãos de vaca". A entrada no Metropolitan é sugerida, ou seja, você pode pagar quanto quiser, assim como no Museum of Natural History. O MoMA é grátis na tarde de sexta-feira e a The Frick Collection aos domingos.

DSC00704

DSC00831



DSC01536

Se precisar ir ao banheiro, não hesite, entre na Starbucks mais próxima (estão em toda parte) ou num dos museus com entrada sugerida (dê 1 dólar). Dá pra fazer quase tudo andando em Manhattan, mas depois do segundo dia use ônibus e metrô (com muitas linhas, portanto, um mapinha na mão sempre ajuda). Compre o metrocard para a quantidade de dias que você for ficar (economiza uns trocados) e também pode ser usado no ônibus.



DSC01538


Fiquei hospedada num apartamento de uma brasileira que subloca apês na Big Apple: http://brasilway.net/ O apartamento era muito bom, com Globo Internacional, internet, telefone. Muito bem localizado: duas quadras da Times Square, na 49w (apartamento 2c). Fica na rua das peças "Chicago" e "Fela!". Na rua da churrascaria "Plataforma". Ali mesmo na 49 tem um The Food Emporium de dois andares: no subterrâneo encontramos o supermercado e no primeiro andar uma "lanchonete" que vende pães, frutas, comidas prontas, doces, etc. Lá comprava meu café da manhã todos os dias.

Assisti duas peças na Broadway: "Chicago" e o maravilhoso "Hair". Também tem uma ótima dica: as bilheterias abrem meio-dia e os primeiros ingressos são promocionais. E ainda, fui ao show "Circus", da Britney Spears, no Madison Square Garden.


DSC01783


Claro que queria visitar os pontos turísticos mais conhecidos: Estátua da Liberdade (12 dólares - se quiser visitar a cabeça/coroa da estátua tem que comprar bem antes), Central Park, Empire State Building (20 dólares). Se quiser ir a Staten Island basta pegar o barco, sem qualquer custo, e verá a Estátua de longe...

Para ligar para o Brasil compre um cartão telefônico numa Deli (lojas que vendem tudo) por 5 dólares (dá pra falar por uns 40 minutos).


DSC01623





DSC01790

Algumas lojas são o Oásis para os brasileiros: a Century 21, com roupas de grifes em super promoção; a B & H photo, com os eletrônicos. Para comprar coisas baratinhas para comer tem o Jack´s World.

DSC01066


DSC09681


DSC01054


DSC00690


DSC00700


A melhor forma de sair do aeroporto é pela SuperShuttle, que você pode agendar no site ou ter a sorte de pegá-lo no JFK, custou 12 dólares por pessoa. Pois o táxi tem o preço mais salgado, 100 dólares, que foi a opção de volta.

Na volta, após uma quase-queda de segundos, o avião da American Airlines parou em Brasília por causa do tempo (foi a informação que recebemos) às 8h e só abriram o avião ao meio-dia!!! Tinha chegada prevista às 9h, mas cheguei apenas 22h. American Airlines nunca mais.


Links:
www.bhphotovideo.com
http://www.maosdevaca.com/
http://www.supershuttle.com/en/JFKAirportShuttleNewYork.html
www.mta.info/nyct/subway/





Share:

0 comentários:

Translate

Instagram

Publicidade

Booking.com

Marcadores