Compra-se coração vivo

Adoro coração, seja o ícone ou o órgão. Berço de todos os sentimentos. Kitsch. Segundo Leonilson, "Expor o coração é ato doloroso, sobretudo, em tempo de cinismo e ceticismo. O coração como órgão muscular, bombeador de sangue através de veias e artérias, centro vital das emoções e sensibilidades do sujeito, repositório de seus sentimentos mais sinceros, profundos e íntimos, e, em instância última, o local onde a desrazão e todas suas ambigüidades encontram conforto e refúgio."

 

Danielle Lima
O vídeoarte "Compra-se coração vivo" participou do 2º Salão Internacional de Arte laisle.com e do Fraenkelstein Salon – London - Project 142, Londres, Inglaterra, 2004.

Share:

0 comentários:

Translate

Instagram

Publicidade

Booking.com

Marcadores