Sintra


Acordamos cedo para um bate-volta em Sintra, cidade que fica a 30 km da capital e é considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Os trens saem a cada 20 minutos e o percurso leva cerca de 1h20min (aqui deu uma saudade dos trens rápidos de Madri, que fazem 70 km em 30 minutos). O acesso à estação de trem do Rossio é fácil e levamos cerca de 7 minutos desde o apartamento. Compramos o bilhete de ida e volta, para evitarmos surpresas, já que é um destino muito procurado pelos turistas e Lisboa estava repleta deles em abril.
Pequena aquarela que fiz em homenagem ao Palácio da Pena
Share:

Lisboa - um dia em Belém

Desde a chegada a Lisboa, pela primeira vez tivemos que recorrer ao transporte público, isto porque o bairro de Belém ficam um pouco distante, cerca de 6km do centro.

 
Share:

Lisboa – primeira parte


Depois de uma pesquisa minuciosa nos sites hoteis.com e booking.com, decidimos testar o airbnb.com, pois o valor era praticamente a metade (pagamos R$200 a diária), além de possibilitar o late checkout e o early check-in (os horários podem ser negociados com os proprietários). Em razão da proximidade da viagem, encontramos poucas opções de imóveis nos bairros mais turísticos (Chiado e Bairro Alto).


Share:

2 dias em Budapeste


A passagem Viena-Budapeste – de trem rápido (de railjet são 2h37) - foi comprada no site http://www.oebb.at/en/ e custou 29 euros. O trem era excelente, com wi-fi e tomada para carregar o celular.



Share:

Translate

Instagram

Publicidade

Booking.com

Marcadores