Lucian Freud, o retratista do imperfeito

O perfeito é desumano, porque o humano é imperfeito.
Fernando Pessoa


Reflection (self portrait), 1985

Neto do psicanalista Sigmund Freud, Lucian Freud nasceu em 1922, na Alemanha, posteriormente radicando-se em Londres. O artista possuía uma habilidade intrínseca para retratar o ser humano nas suas profundas imperfeições: rugas, obesidade, genitália. Conseguia colocar na tela as cores e textura da tez ("full, saturated colours have an emotional significance I want to avoid"), quase nos convidando ao toque. 

Share:

Translate

Instagram

Publicidade

Booking.com

Marcadores